HÁ SEMPRE UM LIVRO...à nossa espera!

Blog sobre todos os livros que eu conseguir ler! Aqui, podem procurar um livro, ler a minha opinião ou, se quiserem, deixar apenas a vossa opinião sobre algum destes livros que já tenham lido. Podem, simplesmente, sugerir um livro para que eu o leia! Fico à espera das V. sugestões e comentários! Agradeço a V. estimada visita. Boas leituras!

My Photo
Name:
Location: Norte, Portugal

Bibliomaníaca e melómana. O resto terão de descobrir por vocês!

Saturday, October 15, 2005

“Viagem sem Regresso” de Katy Gardner (ASA)


“Duas amigas visitam a Índia e só uma regressa…” Este é o mote que apenas levanta a pontinha do véu e desperta a curiosidade do leitor…A Amizade é o tema deste aliciante romance da autoria de uma jovem antropóloga, que lecciona na Universidade do Sussex (Brighton, Reino Unido) tendo já publicado alguns ensaios sobre a diáspora bengali.
Destaque especial para a beleza e originalidade da capa, perfumada com sândalo indiano e para o rendilhado na última badana em forma de Fénix – o pássaro mitológico que simboliza o renascimento, a mudança e o corte com o passado.

A escrita de Gardner é, apesar de objectiva, dotada de grande riqueza pela abundância de pormenores na descrição de cenários – urbanos e rurais -, gentes, cheiros e sons. Sem falar na quantidade de referências culturais, desde a música à moda, na Inglaterra dos anos 80.

A Autora põe em evidência a exposição a que duas jovens sozinhas estão sujeitas, tendo de se movimentar num mundo onde as normas que regulam a conduta individual das mulheres na Europa não se aplicam – apesar das marcas culturais deixadas pelos povos colonizadores.

É, principalmente, por este motivo que duas jovens temerárias, ao aventurarem-se na exploração de uma cultura que lhes é desconhecida, ou que só conhecem através de livros e documentários, tenham de adoptar toda uma série de procedimentos para que a viagem se efectue em segurança.

E é precisamente por ignorarem alguns dos procedimentos mais básicos que são assaltadas travando, depois, conhecimento com uma jovem europeia que interpreta as normas locais à sua própria maneira e terá um papel fundamental no desenvolvimento da trama.

As duas incautas turistas reagem de forma completamente oposta face à adversidade e ao desconhecido: a atraente, optimista e bem sucedida Esther (o alter-ego da Autora, não só pela profissão como pela semelhança física), quando as coisas começam a fugir do seu controle, o seu sistema de vigília entra em alerta máximo. O que determina, talvez, o facto de ser a única das duas e regressar sã e salva a Inglaterra; Gemma, inteligente, auto-destrutiva, pessimista e hiper-carente patinho feio, torna-se o alvo perfeito para os oportunistas que procuram turistas desprevenidos.

Viagem sem Regresso é, por isso, um romance que explora o amadurecimento e a ética nas relações de amizade.

Com Katy Gardner aprendemos que nenhuma amizade resiste ao desgaste do tempo quando a dinâmica que impulsiona o relacionamento é a competição.

A Autora ensina também a olhar para além das aparências, a ver através das “máscaras” com que muitas vezes se camuflam aqueles com os quais nos relacionamos.

Por vezes, uma aparência de “vítima” nem sempre corresponde a uma personalidade frágil, sem defesas, servindo antes de camuflagem a uma personalidade que não olha a meios para atingir os seus fins.Principalmente quando se trata de destruir as pessoas mais próximas em benefício próprio.

Katy Gardner consegue demonstrar, recorrendo a exemplos e à dramatização, que a inveja e a frustração desencadeados pela falta de amor ou referências positivas é normalmente, propiciadora de comportamentos anti-sociais.

Por outro lado, a frustração e o remorso, agregados ao sentimento de que algo ficou por explicar levam, cinco anos depois da fatídica viagem à Índia, Esther de volta à terra dos marajás.

Algumas perguntas sem respostas, cristalizadas no passado, impedem-na de viver o presente e construir o futuro.

Este é o objectivo inconsciente que leva a protagonista a regressar ao local onde, alguns anos antes, ocorreram acontecimentos traumáticos.

Para incinerar os fantasmas e renascer das cinzas…

…como a Fénix.

Um livro trepidante, mas sobretudo introspectivo.

Uma terapia para varrer o lixo do sótão e arquivar a informação nos ficheiros correctos (secretos) da mente…

Um livro pertinente e construtivo.


Cláudia de Sousa Dias

18 Comments:

Blogger GNM said...

Olá Cláudia!
Muito obrigado pelas tuas amáveis palavras…
É claro que podes ler o poema que gostaste na sessão de poesia. Sinto-me lisonjeado com o teu pedido.

Uma excelente semana e continua a sorrir!

4:21 PM  
Blogger Claudia Sousa Dias said...

Obrigada!

Mas o poema está de facto fora de série!

Continua em força.

bjs

CSd

5:08 PM  
Blogger Maria Heli said...

Minha querida,
obrigada pelas tuas visitas e, mais do que tudo, pelas tuas palavras.
No caso da pobreza...pela tua lucidez!

Tenho-te lido,claro! Se não aqui, pela via que conheces :)

A ver se é desta que nos encontramos.
bjo

1:00 PM  
Blogger Fallen_Angel said...

ola :O)
bigado pela trua visita lá no meu cantinho.
espero q continues a passar por lá...

bjinho gande, bom fim de semana e ja agora tem uma boa semana *

9:00 PM  
Blogger jp said...

Olá ameixaclaudia
andas bem? Bom fim de semana e beijinho

2:24 AM  
Blogger Claudia Sousa Dias said...

sim, JP!

Só que muito atarefada!

Por isso não tenho aparecido...

:)

Beijinhos

5:17 PM  
Blogger jp said...

This comment has been removed by a blog administrator.

2:41 PM  
Anonymous Anonymous said...

gostei muito do teu livri

7:51 PM  
Anonymous Anonymous said...

Adorei esse livro... É do melhor! Já o recomendei a muitos amigos...

4:01 PM  
Anonymous Anonymous said...

OLA SOU A MONICA'
EU NAO LEIO MUITO MAS TUDO COMECOU EM QUE EU ADORO ROMANCES E SUSPANCE LI O LIVRO VIAGEM SEM REGRESSO AO PRIMEIRO NAO LIGUEI MUITO POIS ERA SO PARA O TER MAS COMECEI A LER E NAO SEI QUE SE PASSOU NAQUELE MOMENTO
OS MEUS OLHOS SE PRENDERAM LA QUANTO TERIA DE O DEIXAR POIS NAO CONMSEGUIRIA LER DO PRENCIPIO AO FIM EU IMAGINA COMO PODERIA SER A PROZIMA COISA QUE IA LER'
AGORA QUE O LI CHOCOU.ME A FORMA COMO GEMMA MORREU' ^^ AMEI SIMPLESMENTE O LIVRO' NAO SEI MAIS QUE DIZER' FOI O MELHOR LIVRO QUE LI EM TODA A MINHA VIDA'

TENHO 15 ANOS E APESAR DE NAO GOSTAR MUITO DE LER JA LI BASTANTE E ORGULHO.ME DE DIZER QUE TENS PALAVRAS PROPRIAS E QUE AMEI MESMO' ESTOU NESTE MOMENTO COM ELE NA MAO POIS AMANHA NA ESCOLA TEREI DE LER PARTES EM QUE ACHEI MAIS INTERESSANTES E JA GRAVEI AS PAGINAS QUE LEREI E FAZER UM RESUMO DO LIVRO COM PALAVRAS MINHAS' TOU PREPARADA

9:52 PM  
Blogger Claudia Sousa Dias said...

Que bom, Mónica!

deves continuar a insistir, porque este género de romance desenvolve não só a escrita,mas também a forma de vermos o que está à nossa volta!

CSD

3:30 PM  
Anonymous Catarina said...

Sentimentos postos á prova, amizades traídas e verdades escondidas! Livro simplesmente de cortar a respiração, capaz de prender o leitor da primeira á ultima página.
Transporta-nos a um mundo completamente diferente do nosso, onde as regras que conhecemos não coincidem com as nossas, para além disto faz uma óptima descrição da Índia, onde imaginamos os mais diversos cenários .

É uma obra que realmente vale a pena.

Amei simplesmente!
Dos melhores livros que li até hoje!
Tenho 15 anos e tenho de apresentar na aula as passagens do livro que mais gostei, a verdade é que achei todas tão interessantes que ainda não me decidi!
Aconselho sem dúvida a leitura deste livro!

7:41 PM  
Blogger Claudia Sousa Dias said...

Há muita gente fascinada por este livro e que o selecciona para trabalhos escolares...Penso que é o sortilégio do perfume a sândalo na capa...


:-)


CSD

6:12 PM  
Anonymous Andreia said...

Olá Claudia!
Neste momento tou a ler este livro e tou a gostar muito. Axo k tns razão uma das coisas que de inicio chama mais o interese para este livro é o perfume a sândalo na capa e a propria capa. Tambem o k me chamou a atenção foi o titulo.
Espero que quando acabar este livro fique fascinada como as outras leitoras e que nao me desilude. Bjs

10:48 PM  
Anonymous cris said...

olá li o livro e gostei muito do desenrolar do trama. já o recomendei na biblioteca da minha freguesia dizes para te falar noutros livros acabei de ler o livro Expiação é muito interessante muito bem escrito.

10:57 PM  
Blogger Claudia Sousa Dias said...

Hei-de ler em breve até porque é uma excelente aquisição para o cineliterário!


CSd

3:39 PM  
Blogger Ana* said...

Antes de mais boa tarde!
Gostaria de recomendar um livro que li e que gostei muito "Enquanto Estiveres Aí". Mas sem dúvida que o meu livro preferido é "Viagem Sem Regresso", li, e com ele chorei, ri e fiquei ansiosa. Um misto de sensações. Enfim...
Parabéns pelo Blog e que continues assim!

2:24 PM  
Anonymous Anonymous said...

Gostei muito do livro. O final era o que eu estava à espera mas mesmo assim pensei ser um bocado diferente, uma das personagens magoou-me a forma como tratou a outra personagem.

De certa forma gostei do livro porque caracterizo-me psicologicamente com a Esther.

Também tenho o sonho de fazer uma viagem à India. Talvez um dia...

Daniela

12:28 AM  

Post a Comment

<< Home